CONTEXTO

O Campus Regional de Resende, CRR/UERJ, √© um polo educacional de grande valia para o interior do estado do RJ e suas instala√ß√Ķes s√£o fruto de uma doa√ß√£o feita por uma antiga f√°brica de filmes (KODAK) √† UERJ no ano 2000 para a implanta√ß√£o da FAT – Faculdade de Tecnologia, no Polo Industrial de Resende. Ap√≥s a desmobiliza√ß√£o da f√°brica de filmes, as instala√ß√Ķes ficaram por anos paradas at√© que a doa√ß√£o fosse realizada e a UERJ fosse implantada. A Faculdade de Tecnologia – FAT/UERJ, passou a funcionar no campus atual a partir de 2010.
Para utiliza√ß√£o como ambiente educacional das instala√ß√Ķes existentes na antiga f√°brica, ao longo do tempo v√°rias adapta√ß√Ķes foram feitas e muitas outras ainda precisam ser realizadas para atender de forma satisfat√≥ria a comunidade acad√™mica, oferecendo um ambiente de estudo e de trabalho qualificado.

O OBJETO

O Campus não possui ETE РEstação de Tratamento de Esgoto, como era na época da fábrica, acredita-se que todo o esgoto gerado vai para fossas sépticas, porém não se sabe ao certo até hoje quantas fossas o Campus possui (provavelmente oito), nem o dimensionamento e a real condição de funcionamento das mesmas, nem quando foi realizada limpeza ou manutenção nas fossas, nem mesmo o caminho do efluente até a destinação final.

O PROJETO

A fim de corrigir e enfrentar os problemas e necessidades, o presente projeto irá num momento inicial, realizar o levantamento da mapoteca, ou seja, serão verificadas as plantas e desenhos existentes na mesma, separando os projetos sanitários. As plantas serão catalogadas, digitalizadas e organizadas. Desse modo, será possível saber se existem plantas do sistema de esgotamento sanitário, para que se tenha uma base para o decorrer das outras atividades do projeto, que será dividido em fases para melhor entendimento e organização. Em cada fase serão realizadas atividades que, ao final, contribuirão para a manutenção, melhoria e limpeza das fossas. Será elaborado um check-list para um sistema de controle e monitoramento de manutenção das fossas que irão auxiliar a Administração do Campus no que diz respeito ao esgotamento sanitário.

Confira o relatório na íntegra: